iFLY e Wind up – Comparação

->, Tecnologia->iFLY e Wind up – Comparação

Há outra marca no mercado brasileiro de simulador de paraquedismo indoor. A marca americana iFLY Indoor Skydiving chegou ao Brasil no primeiro semestre de 2016 bem em meio a maior crise do país dos últimos anos, com instalações em São Paulo e Brasília, mostrando que alguns setores estão se desenvolvendo apesar das dificuldades. Na mesma época, a marca brasileira Wind up Indoor Skydiving também sentiu a evolução deste mercado com aumento das vendas para o treino de paraquedistas iniciantes, intermediários e avançados. Diante das opções, convém comparar algumas diferenças entre iFLY e Wind up, visando oferecer informações  para os clientes fazerem suas escolhas.

Túnel de VentoWind upiFLY
Ar recirculadoSimSim
Tipo de instalaçãoPortátilFixa
Diâmetro da câmara de voo9,5 pés (2,9 m)12 pés (3,7 m)
Número de turbinas22
Motorização das turbinasDieselElétrica
TecnologiaBrasileiraAmericana
Abertura no Brasil20112016

Muitos jornalistas denominam por simulador de salto de paraquedas ou simplesmente simulador de paraquedas, apesar de não serem as denominações mais corretas. São túneis de vento simuladores de queda livre que atuam em segmentos de mercado diferentes. Todo o projeto Wind up foi concebido para oferecer uma alternativa de mais baixo custo para voos individuais, visando popularizar e expandir as possibilidades de treino e diversão do paraquedismo indoor. Atuando no mercado brasileiro desde 2012, o Wind up já auxiliou na formação e no aprimoramento de milhares de paraquedistas, bem como fez milhares de voos de diversão, realizando o sonho de voar de muita gente.

Back fly no tunel de vento Wind up paraquedismo indoor skydiving
Head down no tunel de vento Wind up paraquedismo indoor skydiving

Visando menores custos operacionais, a câmara de voo do Wind up possui diâmetro de 9,5 pés, enquanto o iFLY possui câmara maior com 12 pés, sendo uma das justificativas para as diferenças de preços. Numa câmara de 9,5 pés, é possível se divertir e fazer toda a evolução de treinamento individual de paraquedismo deste os voos de barriga (belly fly ou box), passando por voos de dorso (back fly), voos de sit fly até head down. O projeto nacional e a infra estrutura enxuta do Wind up também colaboram para preços diferenciados. A seguir apresentamos uma tabela comparativa com alguns pacotes individuais de diversão do Wind up e do iFLY (coletados em https://www.iflyworld.com/pt-br). Como referência, num salto de paraquedas de 12.000 pés, o tempo de queda livre é de 45 segundos em média. No 2 Flights da iFLY, o minuto de voo custa R$ 148,50, enquanto no Ganhando Asas do Wind up, o minuto custa R$ 52 para adulto e R$ 26 para crianças.

PacoteTúnelQuantidade de voosTempo por vooTempo total de vooPreço
1 Voo – criançaWind up11,5 min1,5 minR$ 48
1 Voo – adultoWind up11,5 min1,5 minR$ 96
2 FlightsiFLY21 min2 minR$ 297
2 Voos – criançaWind up21,5 min3 minR$ 88
2 Voos – adultoWind up21,5 min3 minR$ 176
4 FlightsiFLY41 min4 minR$ 473
3 Voos – adultoWind up31,5 min4,5 minR$ 216
4 Voos – adultoWind up41,5 min6 minR$ 276

O Wind up é um equipamento portátil e modular, o melhor de sua categoria no mundo. É fruto de anos de pesquisa e desenvolvimento realizado por engenheiros, mestres e doutores brasileiros. Foi selecionado e apoiado por instituições conceituadas de fomento a pesquisa como FAPESP, CNPq e FINEP. Sua portabilidade reduz os custos de implantação e assim os preços para os clientes, visto que dispensa aquisição de terreno e realização de obras civis. Também possui as mais altas velocidades de vento e os menores níveis de ruído na categoria portátil. Assim o Wind up já atuou no Centro Nacional de Paraquedismo em Boituva-SP, no Shopping Tamboré em Barueri-SP, no Shopping D em São Paulo Capital e atualmente está na Vila Mariana.

Comparação iFLY e Wind up tunel de vento paraquedismo indoor skydiving

Convém também desmistificar que equipamentos com turbinas na parte superior fazendo “sucção” do vento sejam melhores. Este mito perde seu sentido em túneis de vento recirculados onde as turbinas ao mesmo tempo sugam e empurram o vento independentemente da posição em que se encontram nos dutos. Trata-se de um mito proveniente das primeiras versões de equipamentos que possuíam turbinas exatamente abaixo da região de voo, gerando vento altamente turbulento. O Wind up possui turbinas na parte inferior, mas em posições estratégicas e com sistema de homogeneização do vento, caracterizando um diferencial da tecnologia Wind up em constante aprimoramento.

Conheça nossos pacotes e preços – Pacotes de Voos

Por |2019-07-04T16:17:57-03:004 de julho de 2019|Paraquedismo, Tecnologia|0 Comentários

Deixar Um Comentário